Quem recebe bolsa família tem direito ao 13 salário?

O programa Bolsa Família ajudou milhares de brasileiros em situação de risco a conquistar a nutrição básica e melhoria de qualidade de vida. O auxílio financeiro mensal é o grande diferencial em muitos núcleos familiares com direito a pagamentos mensais. Parece um salário, mas teria um 13 salário como os trabalhadores? Saiba a seguir.


Como funciona o bolsa família?

O principal programa de ajuda para famílias de baixa renda ainda é o Bolsa Família. Ele ajuda quem não possui emprego e renda suficiente para manter os parentes do núcleo familiar com um valor não muito alto mas que faz a diferença.

O pagamento é mensal e feito por quem for aprovado no cadastramento. O cadastramento é gratuito e os aprovados começam a ter direito a um pagamento mensal. O valor por pessoa é de R$ 89 (atualmente) não podendo passar de meio salário mínimo por família somando o recebimento de vários membros juntos. 

A bolsa assistencial do programa é de fundo federal. Ele é custeado pelo pagamento de impostos e muitos outros subsídios do governo de diversos tipos de arrecadações. Em vigor desde 2003 não há estimativa que o programa seja finalizado tão cedo. Ele foi o responsável por tirar mutas famílias da situação de pobreza extrema.

Quais os requisitos para receber bolsa família

Para receber a bolsa é preciso obedecer a alguns pre requisitos. O mais importante é ser baixa renda de verdade, isso quer dizer ter uma renda mensal familiar de até meio salário mínimo. Esse valor pode de vários membros. Estar desempregado é outra pré condição. Quando se há um novo emprego o pagamento é suspenso automaticamente. 

Como é feito o saque do bolsa família

Os cadastrados no Bolsa Família recebem um cartão cidadão especial para saque. Ele é a ferramenta usada para receber o dinheiro. O pagamento é liberado para saque nas agências da Caixa Econômica Federal, nas lotéricas e agentes parceiros da Caixa.


O calendário do Bolsa Família para pagamento é de acordo com a numeração final do cartão. Os cadastrados com final 10, por exemplo, estão com o dinheiro liberado todo dia 10. Em caso de perda ou roubo do cartão é só procurar uma nova agência da Caixa e solicitar uma segunda via. A segunda via é gratuita.

Todos os meses o valor é liberado na mesma data. Pensando nas comemorações natalinas há no mês de dezembro um pagamento em dobro correspondente ao 13º salário do bolsa família.

Como se cadastrar no bolsa família

O cadastramento é gratuito e pode ser realizado em pontos de atendimento da prefeitura da cidade. Basta buscar informações na sede da prefeitura. 

O cadastro é gratuito e válido por dois anos. Neste período se for aprovado o pagamento é feito continuamente mas em caso de dois saques consecutivamente não realizados será suspenso para nova verificação de dados. 


A cada dois anos o programa pede uma nova avaliação para saber se a condição financeira familiar ainda exige o pagamento. Caso não a verba será direcionada para outra família.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 Cursos superiores em alta no país

5 Formas para conseguir financiar a faculdade

Conheça os melhores programas educacionais do governo